Vamos tentar lembrar todos os que dele fizeram parte, agora que 2012 ditou o fim desta competição, cheia de tradição, empenho e história, e que foi resultado de uma saga de quase 100anos.

Em tempos surgiu um blogue que pretendeu fazer a história deste futebol.Logo desistiu. Depois, um site mais ambicioso, entre outras competições, também lhe deu guarida. Mas desapareceu, e com ele toda a informação.

A um e outro, forneci os dados recolhidos durante alguns anos nos jornais da Biblioteca Municipal do Porto. Agora, vou tentar dar a estes bravos, clubes e jogadores, a importância que eles tem.

22 setembro, 2012

A Estrutura Competitiva


Nestas 48 edições da prova, podemos definir 2 formas distintas de competição.

Uma só divisão, ou a divisão dos participantes por mais que uma divisão. A designação destas divisões mudou ao longo dos tempos, circunstância a que não será alheia a forma peculiar de se entender que o prestígio das colectividades, advém do sítio onde se está! Daí que a criação de 1ª, 2ª e 3ª divisões não tenha durado mais de quatro anos… Posteriormente até se promoveu a 1ª divisão a divisão de “Honra”, sendo as restantes divisões A, B etc.
Mas o futebol amador estava ferido de morte, e provavelmente poucos mais anos durará.(congeminava eu em 2007, quando escrevi este trabalho, e infelizmente estava certo).
 Marcou uma época, tem um extraordinário acervo histórico subjacente, mas tudo se irá diluir nestes materialismos reinantes.
Enviar um comentário