Vamos tentar lembrar todos os que dele fizeram parte, agora que 2012 ditou o fim desta competição, cheia de tradição, empenho e história, e que foi resultado de uma saga de quase 100anos.

Em tempos surgiu um blogue que pretendeu fazer a história deste futebol.Logo desistiu. Depois, um site mais ambicioso, entre outras competições, também lhe deu guarida. Mas desapareceu, e com ele toda a informação.

A um e outro, forneci os dados recolhidos durante alguns anos nos jornais da Biblioteca Municipal do Porto. Agora, vou tentar dar a estes bravos, clubes e jogadores, a importância que eles tem.

08 novembro, 2012


VI Campeonato de Amadores de Futebol
   AF do Porto – apoio do JN

            1969/70

prova
tipo
nº séries
nº equipas
início
fim
vencedor
finalista
recinto
campeonato
poule-2voltas-1ªfase
6
54
06-Dez 69
 11 Abr 70
OOOO
OOOO
OOOO
campeonato
poule-2voltas-2ªfase
2
12
25 Abr 69 
 13 Jun 70
OOOO
OOOO
OOOO
campeonato
final (escalonar) 1 mão
OOOO
OOOO
27-Jun 70
06-Jul 70
Nau Vitória
Campo Lindo
Vidal Pinheiro
prova extra
poule-2voltas-1ªfase
8
32
 01 Mai 70
30 Mai 70 
OOOO
OOOO
OOOO
prova extra
poule-2voltas-2ªfase
8
32
 06 Jun 70
05 Jul 70 
OOOO
OOOO
OOOO
prova extra
final
OOOO
OOOO
12-Jul 70
OOOO
Portuguesa Leça
Leões Valboenses


Começa esta competição a 6 de Dezembro, com a participação de 54 equipas. É a primeira vez que se verifica uma diminuição (9) de inscritos. Mesmo assim surgem novas equipas, embora tenham saído algumas poucas também.
                   
A distribuição dos participantes ficou assim estabelecida:
                       
Série A
Série B
Série C
Académico Bonfim
26
Nau Vitória
26
Passarinhos Ribeira
27
Lameirenses
22
Musas e Benfica
25
Águias Gaia
25
Leões S. Caetano
22
Atlética Telheiro
21
Lapa
21
Fluminenses
18
S. Crispim
18
Nautilus
16
Ases Valboenses
16
Bonfim
16
Ultramarino
15
SC Valboenses
12
Lusitano Pedrouços
12
União Massarelos
15
Cerco Porto
11
Desportivo Paranhos
12
Cultural Portuense
11
Unidos Ponte Rio Tinto
11
Monte Burgos
8
Invicta Massarelos
8
Sporting Valboense
5
Unidos ao FC Porto
6
Guanabara
6


Série D
Série E
Série F
IN CA NA
26
Pinheirense
26
Paraíso Foz
29
Merengues
25
S. Vitor
25
Campo Lindo
26
Portuguesa Leça
24
Leões Valboenses
19
Isidrenses
21
Juventude Lordelo
19
União Sé
17
Fonte Moura
16
Leões Leça
16
Fontaínhas
16
S. Roque
15
Pasteleira
12
Barreirenses
16
Águias Areosa
13
Marechal G Costa
11
Unidos Porto
12
Juventude Telheiro
13
Francos
6
Vitória Campanhã
11
Gondinense
6
Santistas
5
Flamengo
2
Núcleo Vilar
5
                       
Terminada esta fase com o apuramento de 2 clubes por série (os 2 primeiros de cada série), disputa-se a série de apuramento dos finalistas deste campeonato. Fica assim:

Série A
V
Pt
Série B
V
Pt
Nau Vitória
7
16
Campo Lindo
5
15
Musas e Benfica
5
11
S. Vitor
5
11
Merengues
4
10
Pinheirense
4
11
IN CA NA
3
9
Passarinhos Ribeira
4
11
Académico Bonfim
3
8
Paraíso Foz
3
9
Águias Gaia
2
6
Lameirenses
1
3


Em 27 de Junho em Vidal Pinheiro joga-se a final entre o Nau Vitória e o Campo Lindo, jogo que mesmo com prolongamento (1-1), não define o campeão. Então na noite de 6 de Julho, novamente em Vidal Pinheiro joga-se a finalíssima, vencendo o Nau Vitória por 1-0, sagrando-se campeão. É o primeiro bis.
Entretanto inscrevem-se 32 equipas para a Prova Extraordinária.

série A
série B
série C
série D
Lusitana Pedrouços
11
União Sé
10
Pasteleira
10
Portuguesa Leça
11
Desportivo Paranhos
8
Nautilus
6
União Massarelos
7
S. Roque
7
Monte Burgos
3
Lapa
4
Juventude Lordelo
6
Leões Leça
4
Atlética Telheiro
2
Ultramarino
4
Invicta Massarelos
1
Francos
2

série E
série F
série G
série H
Académico Bonfim
10
Ases Valboenses
11
Fonte Moura
10 *
Leões Valboenses
9
Fluminenses
8
Leões S. Caetano
6
Águias Areosa
6 *
Unidos Ao Porto
8
S. Crispim
4
Unidos Ponte RT
6
Isidrenses
3 *
Fontaínhas
5
Cerco Porto
2
SC Valboense
1
Gondinense
1 *
Vitória Campanhã
2
   
       * 5 jogos – o JN não publicou a última jornada
           
A segunda fase desta prova, em novos moldes, ordenou os seguintes pares, que haviam de definir os respectivos lugares.

Grupo A
Série primeiros
Série segundos
Série terceiros
Série quartos
Portuguesa Leça
10
União Massarelos
8
Juventude Lordelo
8
Atlética Telheiro
10
União Sé
6
Desp. Paranhos
7
Lapa
7
Ultramarino
9
Lusitana Pedrouços
5
Nautilus
5
Monte Burgos
5
Francos
3
Pasteleira
3
S. Roque
4
Leões Leça
4
Invicta Massarelos
2








Grupo B
Série primeiros
Série segundos
Série terceiros
Série quartos
Leões Valboenses
9
Fluminenses
7
Unidos Ponte RT
8
SC Valboense
8
Fonte Moura
7
Unidos Porto
6
Fontaínhas
6
Cerco Porto
7
Ases Valboenses
5
Águias Areosa
6
Isidrenses
6
Vitória Campanhã
6
Académico Bonfim
3
Leões S. Caetano
5
S. Crispim
2
Gondinense
3












No ordenamento desta prova, visando encontrar o vencedor desta Taça JN, jogou-se a 12 de Julho o jogo da final entre a Portuguesa de Leça e os Leões Valboenses . A segunda fase desta prova, em novos moldes, ordenou os restantes pares, que haviam de definir os respectivos lugares.

lugar
jogo
resultado
Observ.
1º/2º
P. Leça
Leões Valboenses
3
2

3º/4º
União Sé
Fonte Moura
3
2
a.p.
5º/6º
Lusit. Pedrouços
Ases Valboenses
4
2

7º/8º
Pasteleira
Bonfim
fc
v

9º/10º
D. Massarelos
Fluminenses
3
5
g.p.
11º/12º
D. Paranhos
Unidos Porto
3
1

13º/14º
Nautilus
Águias Areosa
2
0

15º/16º
S. Roque
Leões S Caetano
4
1

17º/18º
Juv Lordelo
Unidos Ponte Rt
4
0

19º/20º
Lapa
Fontaínhas
1
5

21º/22º
Monte Burgos
Isidrenses
v
fc

23º/24º
Leões Leça
S. Crispim
2
3

25º/26º
At. Telheiro
SC Valboense
v
fc

27º/28º
Ultramarino
Cerco Porto
v
fc

29º/30º
Francos
Vitória Campanhã
4
0

31º/32º
Inv. Massarelos
Gondinense
6
3





















                            

Enviar um comentário